sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Quer saber o nível de radão na sua habitação?

O radão é um gás radioativo de origem natural, incolor e inodoro. Provém do urânio presente nas rochas e solos. A exposição prolongada ao radão no interior de edifícios pode causar cancro do pulmão. O radão, vindo do solo, entra para o interior dos edifícios, através de fissuras e fendas no chão e paredes. Pode acumular-se no interior e atingir valores elevados. A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) com a colaboração da Universidade de Coimbra está a proceder ao levantamento de dados sobre a exposição das populações ao gás radão para o desenvolvimento de um mapa de risco, no âmbito da elaboração do Plano Nacional para o Radão. Fazer um teste ao radão é simples. Basta colocar o detetor fornecido na divisão mais utilizada durante 3 meses. O detetor é de pequenas dimensões e não necessita de energia para funcionar.
Para colaborar terá de:


·        fazer uma inscrição individual enviando um email para radao@apambiente.pt
·        indicando o nome, morada, código postal, contato telefónico e/ou email
·        Não esquecer que a habitação tem de estar ocupada no tempo que dura o teste e não pode estar em obras.
·         Apenas voluntários que residam no rés-do-chão ou primeiro andar podem participar.


Se tiver dúvidas contacte:

Agência Portuguesa do Ambiente Departamento de Emergências e Proteção Radiológica Divisão de Planeamento e Proteção Ambiental
Rua da Murgueira, 9 Bairro Zambujal
Alfragide 2610-124 Amadora

Telefone: 214 728 262

domingo, 19 de janeiro de 2020

SUPER ECOLÓGICOS 2019
1º PERÍODO


Estão a concurso 52 participantes... continuem a trazer os vossos resíduos para a escola!

domingo, 15 de dezembro de 2019

EcoNatal? 
Está por toda a escola!



O teu contributo está neste diaporama ... Vê!

Boas Festas! 

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019



CONCURSO ECONATAL

Os alunos do 8ºano foram desafiados pelas professoras de Ciências Naturais e EMRC a construirem, em família, árvores ou presépios de Natal a partir da reutilização de materiais.

Lembrem-se que o consumismo não faz parte do espírito natalício e constitui um desperdício de recursos naturais. Nesta quadra recordem aqueles a quem dedicam muita atenção e aqueles a quem deveríamos dedicar mais tempo... convivam .... deixem amor em vez de prendas!


 Eis o resultado que estará em exposiçao do posto de turismo.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019


Alunos do AE Maximinos participam em 
Congresso Internacional na Universidade do Minho

Os alunos do ensino articulado da música e da dança foram convidados a participar no momento de abertura e de encerramento do “V Congresso Internacional de Sexualidade e Educação sexual”, que decorreu na Universidade do Minho, entre os dias 28 a 30 de novembro. O Professor Jorge Ribeiro orientou quatro alunos do 9º4 (Rita Castro,

Gabriel Marques, Gabriel Brandão e Eduarda Gomes), num belíssimo  momento musical e os professores Sara Moreira e  Vasco Otero prepararam o momento de dança protagonizado, de forma emotiva, pelo Sandro Oliveira, aluno do ensino secundário. Este convite é um exemplo da qualidade do ensino artístico do nosso agrupamento, dos seus alunos e respetivos professores. Somos um agrupamento de escolas que promove momentos de lazer, contribuíndo para a saúde da comunidade envolvente numa clara simbiose entre os conteúdos científicos, os culturais, a saúde e o ambiente.  
Parabéns a todos os intervenientes!

 



sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Comemoração do Dia da Floresta Autóctone

O Clube da Horta Escolar plantou 4 árvores (cerejeira, cedro, sobreiro e pinheiro), cedidas pela Câmara Municipal de Braga, no logradouro escolar ,como forma de assinalar este dia. 
Os mesmos alunos criaram um placar como forma de sensibilizar e informar a comunidade educativa sobre a importância de preservar a nossa floresta. Foi utilizado adubo natural resultante da compostagem realizada na horta escolar

Agradecemos que tenham cuidado, para não as danificar.



quarta-feira, 20 de novembro de 2019

FEIRINHA SOLIDÁRIA

Toda a comunidade educativa mobilizou-se em torno desta causa social e ambiental.

Ao reutilizarmos produtos estamos a reduzir os resíduos evitando o gasto de novos recursos naturais.
As verbas obtidas irão possibilitar, às famílias carenciadas do nosso agrupamento, um Natal mais recheado. 

Em nome dos Clubes da Solidariedade e da Horta Escolar, do Projeto Eco-Escola, da C:A.S.A. e da Biblioteca Escolar o nosso MUITO OBRIGADO!